Segurança

Dia da Internet Segura

Com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre o uso seguro e responsável das novas tecnologias, a Rede Insafe na Europa criou o Dia da Internet Segura. Atualmente, entre janeiro e fevereiro, 140 países promovem ações para conscientizar e incentivar o uso livre e seguro da internet.

Isaque Costa

Isaque Costa

Saiba como promover o uso consciente da internet

É inegável que uma pandemia do novo coronavírus mudou a forma de usar a internet. Houve um aumento no consumo de plataformas de streaming, compras online, reuniões virtuais, além de muitas pessoas terem que se acostumar com o home office. 


De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o crescimento do tráfego online foi entre 40% e 50%. Devido a esse aumento destacamos, no Dia da Internet Segura, a importância da conscientização em segurança da informação e da proteção de dados dos usuários na utilização segura da internet.

9 de fevereiro, dia da internet segura

Com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre o uso seguro e responsável das novas tecnologias, da Rede Insafe na Europa criou o Dia da Internet Segura. Atualmente, entre janeiro e fevereiro, 140 países promovem ações para conscientizar e incentivar o uso livre e seguro da internet.

Em 2021, o Dia da Internet Segura é celebrado no dia 9 de fevereiro, com o tema "Juntos por uma Internet melhor" . O objetivo é conscientizar as pessoas sobre o uso seguro e responsável das novas tecnologias.


Um dado é importante para lembrar que a proteção de dados precisa ser constante o ano inteiro. Os ciberataques não param de crescer, somente nos dois primeiros meses do isolamento social, entre março e abril de 2020, houve um aumento de 86,6% de crimes virtuais, entre eles o phishing. Foram 20 milhões de acessos a links maliciosos, segundo uma pesquisa feita pela Palo Alto Networks, empresa especializada em segurança cibernética.

Além de danos pessoais, os acessos a links maliciosos, se os primeiros feitos por dispositivos de empresas ou por e-mails de trabalho, podem colocar em risco dados corporativos e assim gerar prejuízos à empresa, clientes, parceiros e também aos colaboradores. Para diminuir os riscos de um ciberataque afetar os negócios de uma instituição, é importante ter um profissional de segurança da informação ativa e preparado. 


Você já começou a conscientizar seus colaboradores para melhorar o engajamento da sua empresa?

Proteção de dados e proteção de pessoas 

De acordo com a última pesquisa feita pela Fortinet, empresa especializada em serviços de cibersegurança, o Brasil sofreu mais de 2,6 bilhões de recursos de cibernéticos em 2020. Entre eles pode ser destacado o phishing, sequestro de dados, vulnerabilidades de conexão e falta de atenção na navegação durante o escritório doméstico.


Hoje em dia é cada vez mais frequente o vazamento de dados sensíveis em sistemas invadidos por criminosos digitais. Por isso, é importante ter uma privacidade de dados como a principal aliada da cibersegurança. É fundamental, por exemplo, sempre acessar conexões privadas e seguras, ter cuidados ao compartilhar dados em trocas de e-mails e usar uma VPN sempre que possível. Por isso, é necessário passar para frente todo conhecimento possível.


O Eskive é especialista na conscientização em cibersegurança e na proteção de pessoas, e acredita que o engajamento em segurança da informação é construído no dia a dia. Por isso, siga algumas dicas para serem passadas para frente, não só no Dia da Internet Segura:

Configurar seu roteador

 Muitas vezes os roteadores duplicados configurados com credenciais padronizadas. É importante verificar o roteador usado em casa e o primeiro passo é alterar as credenciais de fábrica definidas pelo fabricante.

VPN

A VPN é uma ferramenta que cria um túnel criptografado entre seu dispositivo e a internet. Isso impede que outros vejam o que está sendo acessado. É crucial para acessar Wi-Fi público, mas não deve ser limitado a esse uso. 

Cuidados básicos de conexão

  • Se for inevitável o uso de redes públicas de Wi-Fi, é fundamental não acessar sites no qual precisa inserir senhas ou information sigilosas, como dados bancários;

  • Lembrar de desativar o recurso de conexão Wi-Fi do smartphone quando não estiver em uso, pode haver limites automáticas;

  • Antes de acessar qualquer Wi-Fi, depende-se de que está se conectando à rede correta;

  • Não compartilhar a senha do wi-fi com vizinhos. O compartilhamento facilita o acesso de desconhecidos a dados contidos no dispositivo.

Uso adequado de e-mails


O e-mail é uma ferramenta essencial no dia a dia de trabalho de qualquer instituição, por isso, é preciso ter bastante atenção ao utilizar-lo e lembrar de:

  • Ao receber e-mails suspeitos, não clicar em links ou fazer downloads, sem a certeza de que são seguros, pode ser um phishing ;

  • Não preencher cadastros ou informar dados pessoais ou corporativos em mensagens;

  • Criptografar informações relacionadas ao atributo-las, assim, apenas o receptor, que possui uma chave para realizar uma descrição, terá acesso aos documentos.  


A mudança cultural é um processo demorado, mas por meio da implementação de atividades bem estruturadas e análises periódicas é possível construir um ambiente seguro e livre de cura. 


Faça com que o Dia da Internet Segura dure o ano todo. Conheça outros conteúdos do Eskive e garanta a proteção de dados da sua empresa. Assine agora a nossa newsletter no formulário logo abaixo desse post e receba direto em seu e-mail!

Últimos artigos

Semana da Segurança da Informação Eskive

Semana da Segurança da Informação Eskive

A importância das ações de impacto para engajar e conscientizar os usuários.

Sobrevoo: conexões entre o Normativo SARB 025/2021 da Febraban e a LGPD.

Sobrevoo: conexões entre o Normativo SARB 025/2021 da Febraban e a LGPD.

Sobrevoo: conexões entre o Normativo SARB 025/2021 da Febraban e a LGPD.

Como os profissionais de cibersegurança lidam com a pressão cotidiana

Como os profissionais de cibersegurança lidam com a pressão cotidiana

O alto volume de alertas de ameaças afeta o desempenho e a saúde mental de equipes de segurança cibernética